Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Eventos > Alunos da EsPCEx realizam o Compromisso à Bandeira Nacional
Início do conteúdo da página

Campinas (SP) – No dia 12 de agosto do corrente ano, a turma matriculada no corrente ano na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) realizou o compromisso perante à Bandeira Nacional. O compromisso solene, no qual o/a Aluno promete defender a Pátria mesmo com o sacrifício da própria vida, ocorreu no momento em que ele se encontra em plena consciência de suas responsabilidades e atribuições militares. Esse foi o cerne da cerimônia, que ocorreu no último sábado, no Pátio Agulhas Negras.

A solenidade foi presidida pelo General de Exército Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, Comandante do Exército, acompanhado do General de Exército Guido Amin Naves, Comandante Militar do Sudeste, General de Exército Achilles Furlan Neto, Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia, e diversas autoridades militares e civis, além de familiares e amigos dos Alunos, os quais vieram dos diversos rincões do País, com o objetivo de acompanhar momento tão significativo na carreira de seus entes.

A cerimônia emocionou as milhares de pessoas presentes e teve um significado muito importante para o Aluno, que, após encerrar o primeiro semestre letivo, assumiu o tão marcante compromisso.

 

A inspiração do nome da Turma

Em 1843, aos dezesseis anos, Manuel Deodoro da Fonseca matriculou- se na Escola Militar do Rio de Janeiro, tornando- se Cadete de Primeira Classe em 1845. Em 1847, concluiu o Curso de Artilharia, momento em que foi servir no 4º Batalhão de Artilharia a Pé. No ano seguinte, participou de sua primeira ação militar, atuando contra os insurgentes da Revolta Praieira, ocorrida no interior da Província de Pernambuco.

Em 1864, Capitão Deodoro da Fonseca participou do cerco à cidade de Montevidéu, durante a intervenção militar brasileira contra o governo de Atanásio Aguirre. No ano seguinte, o Major Deodoro da Fonseca, integrante do 2º Corpo de Voluntários da Pátria, deslocou-se com a sua tropa para o Paraguai, travando as batalhas de Estero Bellaco e Tuiuti, ambas vencidas pelas tropas brasileiras. Em 1868, foi transferido para o 24º Corpo de Voluntários da Pátria, quando participou das operações vitoriosas em Potrero Obella e Taji. No mesmo ano, o militar foi promovido ao posto de Tenente-Coronel e Coronel, por atos de bravura, em decorrência de sua participação nos combates contra as tropas de Francisco Solano López.

O Marechal Deodoro da Fonseca foi o primeiro Presidente do Brasil, após a Proclamação da República. O militar permaneceu à frente do governo brasileiro por dois anos.
Em 2027, será comemorado 200 anos da trajetória de vida do Marechal Deodoro da Fonseca. A história do militar é marcada pela dedicação, abnegação, tenacidade dentre outros atributos de sua carreira, podendo ser considerada uma justa homenagem ao ilustre personagem consagrado na História do Brasil.

A turma de 2023, Turma 200 Anos do Marechal Deodoro da Fonseca, orgulha-se de levar consigo o nome que homenageia um dos grandes militares da nossa Instituição, mostrando que, o patriotismo e o espírito de aprendizado constante, transmitidos de geração para geração, são cultuados até hoje por seus integrantes.

 

O Estandarte Escolar

Dentre os 420 Alunos integrantes da Turma 200 Anos do Marechal Deodoro da Fonseca, 379 são Alunos e 41 são Alunas. O Aluno Rian Vitor de Oliveira Gama, da 1ª Companhia de Alunos, Aluno mais distinto da EsPCEx no 1º Semestre, recebeu das mãos do Cel Neuvald, o Estandarte Escolar, símbolo das tradições da Escola Preparatória de Cadetes do Exército, para ser conduzido com honra e dignidade, até o final do ano letivo.

Palavras do Comandante

O Comandante da EsPCEx, Coronel Marcus Augusto Bastos Neuvald, em trecho de sua fala cita a importância do momento: “... Inicialmente, dirijo-me aos pais: tenham a certeza que seus filhos optaram por uma carreira de Estado, capaz de lhes proporcionar infindáveis realizações. Ela, em si, é um sacerdócio, mais do que uma profissão, uma missão de grandeza.
Seus filhos, vocacionados que são, passarão a comungar doravante da satisfação inigualável de fazer parte do nosso Exército. Por isso recebam nesta data os nossos mais sinceros cumprimentos. Parabéns!

Meus caros Alunos, razão de ser desta tradicional Escola de Formação. Vocês ingressaram em uma Instituição de compromissos inalienáveis, baseados nos preceitos da hierarquia e da disciplina. Foram batizados como Turma 200 Anos do Marechal Deodoro da Fonseca. Sigam marchando sempre em frente, ombro a ombro, combatendo sempre o bom combate, com coragem e disciplina. Reafirmo o privilégio do Corpo desta Escola em poder continuar contribuindo com o início de suas biografias profissionais nesta Casa do Saber, Onde Tudo Começa e onde se aprende a amar e a defender a Pátria.

 

O prosseguimento

Ao concluírem o ano letivo, os Alunos da EsPCEx têm acesso garantido à Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) ― Resende-RJ, onde continuarão a sua formação militar por mais quatro anos, quando serão declarados Aspirante-a-Oficial do Exército.

 

 

 

Fotos; Sd Sd Abner, Sd Thierry e Eduardo Rodrigues

 

 
registrado em:
Fim do conteúdo da página