Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Eventos > 409 Alunos da EsPCEx conquistam o sonho de prosseguirem na carreira rumo à Academia Militar das Agulhas Negras
Início do conteúdo da página

Campinas (SP) – Quando se juntaram às fileiras do Exército, no dia 19 de fevereiro de 2022, ao adentrarem o Portão das Armas da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), em Campinas (SP), os Alunos da Turma General Rodrigo Octávio estavam dando o passo mais importante de suas vidas. Há quase 1 ano, mesmo diante da incerteza do que encontrariam pela frente, decidiram, com coragem e determinação, perseguir seus ideais.

 

Superaram os desafios do primeiro ano da carreira militar, na EsPCEx, e estão aptos a cruzarem o Portão dos Novos Cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), ainda mais convictos e vocacionados.

 

A distância da família e dos amigos, a rotina da Escola, os serviços de escala e os exercícios no terreno, dentre inúmeros outros desafios, forjaram a união e a camaradagem da Turma, que está partindo para a AMAN.

 

“General Rodrigo Octávio”

 

O General de Exército Rodrigo Octávio Jordão Ramos nasceu no Rio de Janeiro, então Distrito Federal, no dia 8 de julho de 1910, e faleceu em São Paulo, 6 de julho de 1980.

 

Em janeiro de 1930, foi declarado Aspirante a Oficial da Arma de Engenharia pela Escola Militar do Realengo e formou-se em Engenharia Civil pela Escola Politécnica do Rio de Janeiro.

 

Foi Ministro da Viação e Obras Públicas do governo Café Filho, quando foi responsável pela criação da Rede Ferroviária Federal e promoveu estudos para a unificação das principais companhia de navegação. Representou, ainda, o Ministério da Guerra na Conferência Latino-Americana de Florestas e Produtos Florestais.

 

Em dezembro de 1968, assumiu o Comando Militar da Amazônia (CMA), com sede em Manaus. Ao ser promovido a General de Exército, o qual, a partir de 1971, passou a ser designado Departamento de Engenharia e Comunicações. Em novembro de 1973, tomou posse como ministro no Superior Tribunal Militar.

Durante sua carreira militar, foi também instrutor da Escola Militar do Realengo e auxiliar de instrutor no curso de aperfeiçoamento de oficiais da Egineer School, em Fort Belvoir, nos Estados Unidos.

 

É de sua autoria a célebre frase: “Árdua é a missão de desenvolver e defender a Amazônia, muito mais difícil, porém, foi a dos nossos antepassados em conquistá-la e mantê-la.”

 

Eventos

 

No dia 8 de dezembro, as atividades tiveram início com o tradicional descerramento da Placa da Turma, momento que eterniza a passagem da presente turma pela “Casa Rosada”.

 

Na sequência, no dia 9 de dezembro, ocorreu a cerimônia de assinatura do Livro de Honra e entrega de prêmios aos Alunos melhores classificados. O Aluno Lucca Goulart Gasparotto, da 1ª Companhia de Alunos foi o primeiro colocado no corrente ano, demonstrando seu esforço, garra e bons resultados nas avaliações, sendo agraciado com diversos prêmios. Finalizando as atividades, ocorreram a missa católica, o culto evangélico e a reunião espírita, em ação de graças, pelo encerramento de mais um ano.

 

No dia 10, o “Dia D” das atividades, iniciou-se com a Entrada dos Alunos no Pátio Agulhas Negras. Dando sequência, a Turma General Rodrigo Octávio deslocou-se para a Avenida Duque de Caxias, para realizar a marcante Saída pelos Portões da EsPCEx.

 

Os futuros Cadetes do Brasil, entoaram a Canção da EsPCEx, em homenagem à Escola que os acolheu durante esse ano. Enfileirados, marcharam em direção aos Portões, rumo à AMAN.

 

Um momento repleto de alegria e comemorações, mas também, um momento de reflexão e ansiedade devido ao passo dado na carreira, rumo ao Oficialato. Familiares, amigos, instrutores e integrantes da Escola se emocionaram com a conquista dos Alunos.

 

Estiveram presentes na cerimônia, as seguintes autoridades: Deputado Federal General Roberto Sebastião Peternelli Junior; General de Exército Flávio Marcus Lancia Barbosa, Chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército e mais alta autoridade militar presente; demais autoridades civis e militares.

 

A trajetória

 

Hoje, 409 Alunos, sendo 374 homens e 35 mulheres, integrantes da sexta turma mista do Curso de Formação e Graduação de Oficiais de Carreira da Linha de Ensino Militar Bélico do Exército Brasileiro, participaram das atividades de Encerramento do Ano Letivo.

 

Em algumas semanas, desembarcarão na AMAN, para enfrentarem novos desafios, superarem obstáculos e adquirirem o conhecimento necessário para tornarem-se os futuros líderes da Força Terrestre.

 

Nas mãos dos futuros Cadetes, está o conhecimento técnico-profissional adquirido nas salas de instrução e nos exercícios no terreno. Em breve, eles terão a oportunidade de aprofundar os estudos e escolherem suas Armas, Quadro ou Serviço.

 

A Escola Preparatória de Cadetes do Exército se engrandece pela participação na formação de mais uma turma de futuros oficiais, discípulos de Caxias.

 

 

“TUDO POR UM IDEAL!”


registrado em:
Fim do conteúdo da página